Propriedade Rural e Aeroporto de Goioerê são alvos da Operação Manifest da Polícia Federal

Propriedade Rural e Aeroporto de Goioerê são alvos da Operação Manifest da Polícia Federal

Um hangar no aeroporto de Goioerê e uma fazenda no município foram “visitados” por policiais federais que atuam na Operação Manifest. A ação é voltada a desarticular uma organização criminosa que usa aeronaves para o tráfico internacional de cocaína através da rota Bolívia-Paraguai-Brasil.

No aeroporto de Goioerê, o hangar da Oeste Aviação está com ordem de despejo. Além do avião que foi apreendido, os policiais também fizeram buscas em documentos da empresa. Segundo o jornal Tribuna da Região, a ação cumpre dois mandados de prisão e cinco mandados de busca e apreensão em Goioerê.

De acordo com a assessoria de comunicação da PF, as investigações começaram há um ano, a partir de um acidente aéreo ocorrido no município gaúcho de Muitos Capões. O avião utilizado para transportar a droga sofreu avarias no momento do pouso e permaneceu escondido, em meio à plantação, por cerca de uma semana.

As investigações constataram que a organização criminosa é formada por empresários do setor de aviação agrícola, advogados, pilotos e indivíduos ligados à facção de atuação nacional. Os crimes identificados, até o momento, são tráfico internacional de drogas, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

A operação envolve cerca de 150 policiais federais incumbidos de cumprir 15 mandados de prisão preventiva e 30 de busca nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Roraima e no Distrito Federal. Também são executadas ordens judiciais para bloqueio de imóveis e contas bancárias, sequestro e apreensão de dez aeronaves e outros veículos e bens que estiverem em poder do grupo. 

Fonte: Tribuna do Interior

Comentários
Compartilhe!