Pela primeira vez em sua história, CBF nomeia uma diretora mulher

Pela primeira vez em sua história, CBF nomeia uma diretora mulher

A arquiteta Luísa Rosa foi nomeada nesta terça-feira (26) diretora de infraestrutura da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Dessa maneira, ela se torna a primeira mulher a comandar uma diretoria na história da entidade.

Desde 1914, quando foi fundada ainda com outro nome, a confederação nunca teve uma mulher ocupando um assento entre os principais executivos.

Um dos primeiros objetivos de Rosa no comando é ampliar o centro de treinamento da da seleção brasileira, a Granja Comary, que fica localizada em Teresópolis, região serrana do Rio de Janeiro.

A intenção do presidente da CBF Ednaldo Rodrigues é nomear nos próximos dias mais uma mulher para ocupar cargo de direção.

Histórico

Esse não será o primeiro trabalho de Luisa Rosa no futebol. Ela também trabalhou no Comitê Organizador de Copa do Mundo do Catar e é especialista em arquitetura de arenas esportivas.

Na CBF desde o ano passado, ela foi contratada incialmente para implantar os 15 centros de desenvolvimento no país financiados pela Fifa com o dinheiro do Fundo de Legado da Copa de 2014.

Porém, o projeto foi suspenso após as denúncias de corrupção dos três últimos presidentes da CBF. Apenas três anos depois da Copa que a Fifa liberou a verba.

Comentários
Compartilhe!

Entrar

Cadastrar

Redefinir senha

Digite o seu nome de usuário ou endereço de e-mail, você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.