04 vagas para Ubiratã: IBGE abre novo processo para contratar mais 24 recenseadores em nossa região

04 vagas para Ubiratã: IBGE abre novo processo para contratar mais 24 recenseadores em nossa região
O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) faz primeiro teste preparatório do Censo Demográfico 2022, na Ilha de Paquetá, no Rio de Janeiro.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), abriu nesta quinta-feira (28) e prossegue até segunda-feira (1º de agosto) as inscrições para novo processo seletivo complementar para o preenchimento de 24 vagas remanescentes para o cargo de recenseador na região de Campo Mourão.

As vagas são para Barbosa Ferraz (1); Campina da Lagoa (3); Janiópolis (2); Juranda (3); Luiziana (1); Mamborê (6); Peabiru (1); Quinta do Sol (2); Rancho Alegre D’Oeste (1); Ubiratã (4).

O processo complementar não tem prova objetiva, como o concurso do IBGE, mas um processo simplificado, passando posteriormente por treinamento e avaliação. O Censo terá início na próxima segunda-feira (1°).

O coordenador de área do IBGE em Campo Mourão, Marcos Vinícius Vicente explica que as inscrições são feitas de forma presencial nos postos de coleta. Veja abaixo o endereço por município. “Os interessados têm até segunda-feira para fazer a inscrição. A classificação é por prova de títulos”, frisou.

Conforme publicado no Diário Oficial da União, nesta quinta, o edital do processo seletivo disponibilizou 15.075 vagas para recenseador no Censo Demográfico de 2022 em todo o País. Vicente lembra ressalta que as inscrições para o processo são gratuitas.

Na semana passada – de segunda a sexta-feira – o IBGE fez o treinamento de 280 candidatos classificados no processo seletivo para o cargo de recenseador na região da Comcam. Somente em Campo Mourão foram 90 candidatos.

Os recenseadores do IBGE atuarão diretamente na coleta das informações nos domicílios. O salário dos contratados é por produção, calculada por setor censitário, por unidades recenseadas, tipo de questionário, pessoas recenseadas e registro no controle da coleta de dados. Os servidores vão cumprir jornada de trabalho de, no mínimo, 25 horas semanais.

Além da remuneração, os recenseadores terão direito aos auxílios alimentação, transporte e pré-escolar, assim como férias e 13º salário proporcionais. O contrato inicial será de três meses, cabendo prorrogação.

De acordo com o IBGE, a abrangência da coleta de dados e a qualidade das informações serão objeto de avançada tecnologia com uso intensivo de recursos de informática. Todos os questionários serão coletados em meio digital, com georreferenciamento dos locais de coleta e armazenados em bancos de dados, a serem atualizados interativamente. Desta forma, todo o deslocamento dos recenseadores dentro dos setores, assim como o local onde a entrevista foi realizada, estarão sendo monitorados durante toda a operação.

O Censo coleta informações estratégicas para o planejamento de ações em todos os níveis de governo. Um dos usos da iniciativa é fornecer dados como base para decisões de ampliação ou implantação de serviços relacionados à saúde, educação, emprego e moradia. Esta edição da pesquisa nacional apresenta tecnologia de ponta, incluindo bancos de dados, nuvem, criptografia, coleta e transmissão de dados em tempo real e inteligência artificial.

Locais onde os interessados devem comparecer para se inscrever:

• Barbosa Ferraz – Avenida Presidente Kennedy nº 363

• Campina da Lagoa – Rua Vereador Homero Franco, 1053, Sala 2 – Terminal Rodoviário

• Janiópolis – Rua Princesa Izabel, 361 • Juranda – Praça Henrique Szaferman, 642, Centro Cultural

• Luiziana – Rua Santo Alessi, 30, Junto a Casa da Cultura

• Mamborê – Rua Interventor Manoel Ribas, 552, Junto a Sala do Empreendedor

• Peabiru – Rua Juvenal Portela, S/N (anexo 1 da Prefeitura)

• Quinta do Sol – Praça Gentil José Soares S/N, (Casa da Cultura)

• Rancho Alegre D’Oeste – Av. Amazonas, 449, ao lado do Procon

• Ubiratã – Rua Brasília, S/N – Ginásio de Esportes Tomaz Izidro de Lima  

Comentários
Compartilhe!