Presidiário é morto com mais de 10 tiros enquanto trabalhava na prefeitura

Presidiário é morto com mais de 10 tiros enquanto trabalhava na prefeitura

Um presidiário, identificado como Peterson Tiago de Souza, que cumpria pena na Colônia Penal de Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba, foi assassinado a tiros na tarde desta segunda-feira, 6, enquanto trabalhava no jardim da fachada da Prefeitura da cidade.

De acordo com a apuração do repórter Lucio André, da RICtv, o homem trabalhava no local há cerca de um mês, cuidando das flores que ficam na fachada do governo municipal. Na tarde desta segunda – feira (06), um suspeito chegou a pé pelas costas do homem, efetuou mais de 10 tiros e fugiu em um carro, modelo Gol branco.

O carro usado para fuga foi encontrado incendiado

O carro usado para fuga do suspeito foi encontrado incendiado a cerca de dois quilômetros de distância da prefeitura. O presidiário morto cumpria pena por homicídio desde março deste ano.

(Informações RicMais)

Comentários
Compartilhe!